quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

SIGMI E AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES

SIGMI E AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES


O GCM Campelo, Presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Ilhéus (SIGMI), esteve no Palácio Paranaguá na tarde de hoje, das 14:00 às 16:00h., quando pode contar com a presença e o apoio do GCM Monteiro e Ribeiro (GCM à disposição da P. Civil).


Ao passar na sala do Chefe de Gabinete do Prefeito, José Nazal, Campelo pôde constatar a ausência do mesmo, sendo que a secretária afirmou desconhecer o horário em que o mesmo voltaria ou se o prefeito já estaria na cidade.

Campelo telefonou diversas vezes para o celular de Nazal sem obter êxito na comunicação, pois, quando não caia direto na caixa de mensagens, chamava até a ligação telefônica cair. Inclusive não houve qualquer retorno sendo que o número do celular de Campelo é conhecido. Sendo assim, conclui-se naturalmente que evitaram falar com o Presidente do SIGMI, talvez pelo fato de que esteja ficando difícil continuar mentindo e enganando os guardas municipais com tanta insistência do GCM Campelo que não tem poupado esforços pessoais para resolver a situação.

Na Câmara, a secretária do Gabinete do Presidente informou que nenhum projeto de lei chegou àquela casa legislativa. Na Secretaria da Câmara a mesma informação foi repetida. Campelo telefonou pro celular de Dinho Gás e não obteve sucesso, pois dava na caixa de mensagens nas diversas vezes em que tentou o contato telefônico com o Vereador.

As 16:00h. o GCM França que se encontrava numa outra diligência deu uma carona ao companheiro Campelo deixando-o em casa.

À noite o GCM Reinaldo, Diretor do SIGMI, descobriu que o Prefeito Newton Lima estará numa solenidade de entrega das casas do Projeto "Minha Casa Minha Vida" que ocorrerá na manhã desta quinta-feira (20/11/2012), oportunidade em que os guardas municipais se farão presentes para pressionar o alcaide a assinar e enviar o novo projeto de lei que garante a reclassificação do guarda municipal na classe 06 do PCCS e o adicional de risco de vida.

Se o prefeito enviar a Câmara tal projeto de lei amanhã, a sessão extraordinária poderá ser realizada no dia 27 de dezembro de 2012. Ainda temos uma pequenina chance. Só depende da categoria mostrar a cara e a força.

O tempo tá se esgotando.
Quem não luta pelo que quer, sequer merece o que tem!


* Da Redação (com informações do GCM Campelo)

Nenhum comentário: